O italiano Rocco Morabito, condenado por tráfico internacional de drogas, foi extraditado para a Itália na manhã desta terça-feira (5), após a Secretaria Nacional de Justiça autorizar a entrega, no dia 1º de julho. A medida foi executada em coordenação com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Departamento de Polícia Federal. Em março deste ano, o Supremo Tribunal Federal concedeu o pedido de extradição ao governo italiano.

Crimes

Morabito era um dos criminosos mais procurados da Itália. Ficou conhecido como “rei da cocaína de Milão” e era integrante da Ndrangheta – máfia da região da Calábria, no sul da península italiana. Ele foi condenado por tráfico internacional de entorpecentes e envolvimento em organização criminosa. As penas ultrapassam 103 anos de prisão.

Inicialmente preso no Uruguai, Morabito escapou do presídio em 2019 e fugiu para o Brasil no mesmo ano. Foi preso então, na cidade de João Pessoa, em 2021, e teve o pedido extradição apresentado pelas autoridades italianas ao Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Fonte: MJSP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui