Oito iniciativas da Força Aérea Brasileira (FAB) receberam o Selo de Modernização do Estado, concedido pelo Governo Federal. Dentre elas, cinco são oriundas do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). O evento de premiação foi realizado no dia 15/12, na Secretaria Especial de Modernização do Estado, situada no Palácio do Planalto, em Brasília, e contou com a participação de diversas autoridades da FAB.

O objetivo do prêmio, que está em sua primeira edição, é incentivar as instituições a participarem da agenda nacional para modernização dos projetos, produtos, serviços e processos executados, no âmbito da Administração Federal. No total, 103 iniciativas de 15 ministérios foram premiadas com os selos de ouro, prata e bronze.i22121610181908447

Iniciativas com Selos Prata

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Receberam o Selo Prata o aplicativo LPNA (Licença de Pessoal de Navegação Aérea), desenvolvido pela Assessoria de Transformação Digital (ATD) do DECEA, o FPL BR, aplicativo para elaboração, tramitação, validação, envio e atualização de mensagens de plano de voo, e o FPL BR – EFB (Electronic Flight Bag), aplicativo de disponibilização de informações Aeronáuticas e Informações Meteorológicas, on-line e off-line, para ser utilizado por pilotos a bordo de aeronaves.

“O DECEA já vem há um tempo desenvolvendo vários sistemas. Temos a Assessoria de Transformação Digital e ela serve para identificar as necessidades dos usuários, o que a gente pode ser mais efetivo e eficiente, para fazer esses processos de uma forma mais célere e proporcionar um serviço cada vez melhor para a população, para os usuários do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro”, destacou o Chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA. Brigadeiro Eduardo Miguel Soares,

Selo Bronze

i22121610182401025Ainda do DECEA, na categoria Bronze, recebeu o Selo de Modernização do Governo Federal, o sistema de gerenciamento dos processos relacionados às áreas de aeródromos (AGA). A automação pré-análise do SySAGA recebe cerca de 70 mil solicitações por ano. Também foi reconhecido SARPAS NG, novo sistema de solicitação de autorização de voos de drones, criado em 2016.

Além destes, também foi condecorado o Painel Gerencial OBSERVAR, cujo Selo foi recebido pelo Subdiretor de Contabilidade da Diretoria de Economia e Finanças (DIREF), Brigadeiro Intendente José Lopes Fernandes. Ademais, também foi agraciada a Implantação do Manual de Governança e Gestão Institucional (MCA 16-4/2022), cujo certificado de reconhecimento foi recebido pelo Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate, o Brigadeiro do Ar Antonio Luiz Godoy Soares Mioni Rodrigues.i22121610182509701

Prova de Vida Inteligente

Ainda na Categoria Bronze, também foi reconhecida a Prova de Vida Inteligente, iniciativa que consiste em verificar, por meio de consultas a bancos de dados, se há indícios suficientes para atestar se veteranos e pensionistas estão vivos. A tecnologia institui controles financeiros e de cadastro de pessoal mais efetivo, realizando o bloqueio e o desbloqueio de pagamento e o registro de óbito de forma automatizada.

Recebeu o Selo referente à tecnologia, o Subdiretor de Veteranos e Pensionistas da Diretoria de Administração do Pessoal (DIRAP), Brigadeiro Marcelo Tenorio de Carvalho, que expressou a satisfação pelo reconhecimento. “A gente vem trabalhando intensamente no desenvolvimento de aplicações para facilitar a vida do nosso pessoal e essa foi uma das primeiras iniciativas nossas. Além da Identidade Digital, temos uma parceria para o ano que vem com a Dataprev, de modo que outras iniciativas sejam implementadas em breve. Temos uma longa caminhada pela frente para desenvolver produtos de qualidade para atender o pessoal da Aeronáutica”, afirmou.

i22121610182908915Selo Nacional de Modernização do Estado

A premiação é fruto da Política de Modernização, que busca direcionar os esforços do governo para aumentar a eficiência e modernizar a administração pública, a prestação de serviços e o ambiente de negócios para melhor atender às necessidades do cidadão. Todas as iniciativas premiadas estão detalhadas no Painel de Indicadores da Modernização, o Modernizômetro, que reúne as boas práticas que podem inspirar outras iniciativas no país.

Fotos: Sargento Viegas

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).