Em pouco mais de um mês, os Hospitais de Campanha (HCAMP) da Força Aérea Brasileira (FAB) em Canoas (RS) alcançaram a marca de 20 mil atendimentos. Essas estruturas, instaladas para apoiar a saúde pública local, têm oferecido assistência médica, odontológica e psicológica, demonstrando a prontidão e dedicação da FAB em prol da população gaúcha.

Instalação e Operação dos HCAMPs

Instalados na cidade de Canoas desde os dias 11 e 20 de junho, os Hospitais de Campanha da Força Aérea Brasileira, HCAMP1 e HCAMP2, respectivamente, foram posicionados estrategicamente para maximizar o atendimento à população. O HCAMP1 está localizado ao lado do Hospital Nossa Senhora das Graças, enquanto o HCAMP2 está nas proximidades da entrada da Base Aérea de Canoas (BACO).

Impacto na Comunidade

Inicialmente, os atendimentos nos HCAMPs foram prejudicados pelas enchentes que dificultaram o acesso da população às estruturas médicas. Contudo, com a baixa das águas, houve um aumento expressivo na procura pelos serviços oferecidos. O Comandante do HCAMP1, Major Médico Aluizio Paiva Gonçalves, destacou que o hospital veio para suprir a demanda da cidade, especialmente porque as unidades básicas de saúde e as UPAs não estavam funcionando adequadamente.

blank

Os HCAMPs têm oferecido uma ampla gama de atendimentos, com destaque para assistência psicológica, médica e odontológica. No HCAMP2, comandado pela Major Médica Ana Maria da Trindade Castello Branco, especialidades como odontologia e ginecologia são altamente demandadas. A Major Ana Maria mencionou a capacidade de realizar de 15 a 20 atendimentos odontológicos por dia, um número significativo que demonstra a eficiência e a importância da estrutura montada.

Depoimentos e Resultados

A confiança da população nos serviços prestados pelos HCAMPs tem sido fundamental. “Hoje, vemos que as pessoas buscam o HCAMP por confiar nesta estrutura e no trabalho prestado”, afirmou a Major Médica Ana Maria da Trindade Castello Branco. A variedade de especialidades disponíveis, incluindo métodos de diagnóstico como raio-x e ultrassom, permite o atendimento de casos complexos, reafirmando a prontidão e a competência das equipes da FAB.

Os Hospitais de Campanha da FAB funcionam diariamente, das 8h às 18h, reafirmando o compromisso da Força Aérea Brasileira com a saúde e o bem-estar da população gaúcha. A superação da marca de 20 mil atendimentos em um período tão curto evidencia o impacto positivo dessas estruturas na comunidade de Canoas.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui