blank

Google News

Vinte e seis militares da Guarnição de Aeronáutica de Recife (GUARNAE-RF) participaram, na última semana, de duas ações de solidariedade no território pernambucano. Uma viatura da Base Aérea de Recife (BARF) e militares do efetivo de diferentes Organizações Militares apoiaram a logística de entrega de doações ao município de Alagoinha, no Sertão de Pernambuco. Outra equipe entregou alimentos e brinquedos arrecadados por militares à Associação dos Amigos da Vila do Papelão (AVIPA), localizada na comunidade do Coque, no Centro do Recife (PE).

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Em Alagoinha, a 225,5 km da capital pernambucana, os militares apoiaram a entrega de doações arrecadadas pelo Centro Espírita Irmã Gertrudes. Ao todo, 1,2 mil famílias foram cadastradas para receber os donativos, cada uma incluindo, em média, nove integrantes. Foram 2,8 mil cestas básicas entregues, além de roupas, calçados e brinquedos. “Todos os cadastrados foram atendidos de acordo com tamanho, número do calçado, se havia idosos na família, pessoas com deficiência, acamados, entre outras condições. Eles ficam felizes por ter comida na mesa e um brinquedo para as crianças nesse fim de ano, mas quem recebe mais somos nós”, disse o Presidente do Projeto Natal no Sertão, Fábio Tinoco, que é apoiado há três anos pela GUARNAE-RF.

blankUm dos beneficiados pelas doações foi o aposentado Geraldo Jardim Silva, que mesmo com dificuldades de locomoção, percorreu 18 km para receber os alimentos e levar para o sítio Bonsucesso, onde mora com a irmã. “É uma maravilha, uma ajuda maravilhosa para a gente, que está numa situação tão difícil. Eu preciso de medicação e tratamento, acaba não sobrando quase nada para a alimentação. Que essa cesta básica seja bendita, pois me alivia muito, fico muito feliz de ser contemplado com essa doação de irmãos, que veio em boa hora”, agradeceu.

blankNo Recife, a entrega foi feita na comunidade do Coque, localizada às margens do Rio Capibaribe, que conta com o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da capital pernambucana. São cerca de 12,6 mil moradores, dos quais 57% vivem com renda mensal entre R$ 130 e R$ 260. Mais de meia tonelada de alimentos, principalmente feijão e brinquedos, foram entregues à Associação dos Amigos da Vila do Papelão (AVIPA). Os alimentos foram arrecadados nos concertos da Banda de Música da Base Aérea de Recife (BARF), realizados nos meses de novembro e dezembro de 2021. “Esse alimento vai ajudar muito a nossa comunidade, as mães recebem esse apoio e conseguem alimentar melhor suas crianças, muito obrigado”, disse um dos monitores da AVIPA, Rafael Queiroz.

Juliana Maria de Melo, de 38 anos, mora com mais oito familiares e participa há quatro anos do projeto. Ela falou da situação atual e da importância das doações. “Nessa pandemia, meu marido perdeu o emprego, então vai ser uma grande ajuda nesse fim de ano. Muita gratidão a todos vocês, porque, recebendo o arroz e o feijão, o pouco que sobra nós tentamos comprar um ovo, uma carne, o que der para alimentar melhor as crianças”, contou.

Fotos: Cabo Alexandrino / II COMAR e Soldado Samuel / SERIPA II.