Goiás lança ferramenta de integração para Segurança Pública

blank
Mais de 100 autoridades participaram da videoconferência que marcou o lançamento do Sistema de Monitoramento e Análise de Integrantes de Organizações Criminosa – SisOrcrim

Google News

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSPGO), realizou uma videoconferência para o lançamento da ferramenta de inteligência SisOrcrim (Sistema de Monitoramento e Análise de Integrantes de Organizações Criminosa), pioneira no Brasil e que pretende facilitar e integrar ainda mais o trabalho das forças de Segurança. O evento reuniu mais de 100 autoridades de Segurança do Estado, do país e de agências de inteligência.

Durante a apresentação, foram pontuados os benefícios do SisOrcrim, que já encontra-se integrado com várias bases de dados da SSP e de outros órgãos. Dentre as vantagens do sistema estão a análise de vínculo entre os integrantes e “associados” das organizações criminosas; georreferenciamento da área de atuação dos criminosos com comparação com a mancha criminal; integração com várias bases de dados da Segurança Pública e de outros órgãos, com dados de empresas e veículos; atualização automática dos dados sobre movimentação no sistema prisional e novos procedimentos policiais; análise de vínculo e relatórios sobre os integrantes de Orcrim’s.

Como representante do Ministério Público de Goiás e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) durante o lançamento do SisOrcrim, o promotor de Justiça, Rodney Silva, parabenizou a iniciativa e relatou a dificuldade que normalmente existe no compartilhamento de informações por conta da burocracia existente e que, agora com o novo sistema, isso deve mudar para melhor. “Esse trabalho inédito será uma solução tecnológica que com certeza promoverá a aproximação dos órgãos de inteligência”, garantiu. Sublinhando o promotor e representando o Tribunal de Justiça de Goiás, a juíza Placidina Pires, classificou o sistema como algo extremamente útil para o Estado.

O Inspetor Vinicius Veiga, superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Goiás, também parabenizou o lançamento e discorreu sobre como o sistema ajudará a eliminar elementos complexos que dificultavam os resultados de compartilhamento entre órgãos de Segurança. “Agora teremos uma integração de inteligência mais produtiva”, pontuou, colocando a PRF a disposição da Segurança Pública de Goiás.

Para fechar a vídeo conferência, o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda reforçou sobre a importância do evento de lançamento do SisOrcrim e sua utilização para o combate ao crime. “Esse sistema é nosso, exclusivamente criado pelas Superintendências de Inteligência Integrada e de Tecnologia, ambas da SSP, com apoio da diretoria de informática do Tribunal de Justiça, e que tem como objetivo de facilitar as nossas ações, tendo qualidade, informações e instrumentos para quem está na linha de frente possa atuar de maneira mais eficiente e capaz”, ressaltou o chefe da pasta de Segurança.

Por fim, o secretário da SSP completou sua fala com mais ênfase sobre a necessidade do novo sistema. “Conhecimento é fundamental para as nossas ações e as organizações criminosas, que tem tentado se estruturar cada vez mais, não podem estar a frente das forças, então vamos controlar tanto os criminosos que estiverem nas ruas e também os que estão em regime fechado […] já essa integração [de informações com outros órgãos] de esforços é uma relação de ‘ganha ganha’ entre os órgãos que compartilham as informações, e quem vai ganhar, certamente, é a sociedade”, concluiu Rodney.

O Sistema de Monitoramento e Análise de Integrantes de Organizações Criminosa é uma ferramenta desenvolvida em conjunto pela Secretaria de Segurança Pública, por meio da Superintendência de Inteligência Integrada e Superintendência Integrada de Tecnologias em Segurança Pública, Tribunal de Justiça, por meio da Diretoria de Informática, e Diretoria Geral de Administração Penitenciária, por meio da Gerência de Inteligênica.

Estiveram presentes no lançamento do sistema pioneiro no país, além das autoridades já citadas, todos os chefes de agência de inteligência do Estado. Durante a apresentação, foi reiterada a essencial importância da participação de todas as forças de segurança. Também participaram o Comandante da Segunda Seção do Estado Maior da Polícia Militar Tenente Coronel Daniel Pires Aleixo, a Gerente de Operações de Inteligência da Polícia Civil delegada Érica Botrel Teixeira, o Gerente de Operações da Polícia Militar Major Douglas Freire Santana, o Gerente de Operações de Inteligência de Administração Penitenciária Junio Antonio Ferreira, o Gerente de Operações de Inteligência do Corpo de Bombeiros Militar Tenente Coronel Michelssen Rodrigues de Faria, a Assessoria Militar do Tribunal de Justiça representada pelo Tenente Coronel Joneval Gomes de Carvalho Júnior e Major Alexandre Saliba Sales, a Diretoria de Informática do Tribunal de Justiça, a Superintendente de Gestão Integrada da SSP-GO, Andresa Tokumi Franco Yamamoto, a Superintendente de Tecnologia da SSP-GO, Sandra Rejanne de Alencar Bezerra, e toda equipe de desenvolvimento e arquitetura da Superintendência de Tecnologia da SSP-GO e a Equipe de Analistas da Superintendência de Inteligência Integrada.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui