No coração do Rio de Janeiro, a Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx) foi palco de uma formatura marcante no dia 25 de janeiro de 2024. O evento celebrou a conclusão do Curso de Instrutor de Educação Física, um programa de alta exigência e reconhecido prestígio, promovido pelo Comando de Operações Terrestres (COTER) em parceria com a Inspetoria-Geral das Polícias Militares (IGPM). Entre os graduados, destacaram-se o 1º Tenente QOPM Thiago Rodrigues Feitosa, da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA), e o 1º Tenente BM Eduardo Moreira Marques, do Corpo de Bombeiro Militar de Minas Gerais (CBMMG), ambos concludentes com excelência.

Um Percurso de Dedicação e Compromisso

Os agora instrutores enfrentaram um percurso formativo intenso e abrangente, dividido em duas fases a distância de aproximadamente seis meses cada e uma fase presencial de duração de 12 meses. A estrutura do curso foi cuidadosamente planejada para garantir um aprendizado profundo e abrangente, cobrindo os mais variados aspectos da educação física, com um foco especial nas necessidades e desafios específicos enfrentados por profissionais das forças de segurança.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Sinergia entre Instituições de Segurança

A realização deste curso no Exército Brasileiro para policiais militares e bombeiros militares não apenas reflete o alto padrão de ensino e treinamento dentro das forças armadas brasileiras, mas também destaca a valiosa sinergia entre as diversas instituições de segurança e defesa do país. A colaboração entre o COTER, a IGPM e a EsEFEx demonstra um compromisso compartilhado com a excelência, a preparação e a capacitação profissional contínua.

Compromisso com a Excelência

A formatura destes dedicados oficiais simboliza não apenas o culminar de um ano de árduo estudo e treinamento, mas também a sua prontidão para assumir papéis de liderança e responsabilidade no âmbito da educação física dentro de suas respectivas forças. Ao concluírem este curso com excelente aproveitamento, eles não apenas elevam seus próprios padrões profissionais, mas também contribuem significativamente para o bem-estar e a capacidade operacional das forças de segurança de seus estados.