A Força Aérea Brasileira (FAB), representada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), participou de 11 a 13/07, da 20ª Reunião de Projetos de Ciência, Tecnologia e Inovação de Interesse da Defesa (REPID), organizada pelo Ministério da Defesa (MD). A Reunião foi realizada no Centro Tecnológico do Exército (CTEx), no Rio de Janeiro, e teve a finalidade de ampliar as capacidades das Forças Armadas e fortalecer a Base Industrial de Defesa, por meio da apresentação e discussão de projetos.

O evento contou com a presença do Ministro da Ciência e Tecnologia, Paulo Alvim, do Secretário de Produtos de Defesa (SEPROD) e Presidente da REPID, Marcos Degaut, além de Diretores dos Órgãos de Direção Setoriais de CT&I da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira.

Na ocasião, a DCTA apresentou alguns dos projetos do Comando da Aeronáutica (COMAER), considerados integradores ou interoperáveis, no âmbito da REPID, além de buscar maior interação e sinergia com a Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação do Ministério da Defesa (ICTMD), da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

O Diretor-Geral do DCTA, Tenente-Brigadeiro Maurício Augusto Silveira de Medeiros, falou sobre a importância do evento. “A REPID é mais do que uma oportunidade de discutir projetos, é um meio de conhecer as particularidades e formas de se obter, junto aos órgãos de fomento de pesquisa e desenvolvimento, como FNDCT/FINEP e EMBRAPII, fontes de financiamento de recursos indispensáveis para nossos projetos de CT&I, além da chance de trocar lições aprendidas frente aos desafios de desenvolver produtos e aplicações de defesa, permeados de tecnologias críticas e, geralmente, não disponíveis no Parque Industrial Brasileiro”, ressaltou.

REPID

A Reunião de Projetos de Ciência, Tecnologia e Inovação de Interesse da Defesa (REPID), ocorre anualmente sob a coordenação do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação (DECTI) da Secretaria de Produtos de Defesa (SEPROD) do Ministério da Defesa. O evento conta com a participação de autoridades do MD, bem como das Forças Singulares e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

A realização da REPID é feita em rodízio pelas três Forças Singulares. A próxima edição será sediada pela Força Aérea Brasileira, em julho de 2023, nas instalações do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, em São José dos Campos (SP).

Fotos: Coronel La Sagra

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui