O Hospital de Guarnição de Santiago, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, realizou uma importante operação focada na saúde dos caminhoneiros nas rodovias do Rio Grande do Sul. Esta iniciativa é parte de um esforço nacional para promover a segurança e o bem-estar dos profissionais essenciais ao transporte de mercadorias no Brasil.

Atendimentos Realizados

2

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Nos postos de atendimento estabelecidos ao longo das BR-285 e BR-287, os caminhoneiros tiveram acesso a uma série de testes e exames, incluindo:

  • Aferição da pressão arterial e glicemia.
  • Medidas de circunferência abdominal, peso, altura e frequência cardíaca.
  • Testes de tipagem sanguínea.
  • Avaliação odontológica.
  • Orientações sobre saúde geral e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Desafios da Profissão

A profissão de caminhoneiro, apesar de vital para a economia, implica em diversos desafios, como longas jornadas de trabalho, afastamento familiar, condições precárias nas estradas e vulnerabilidade econômica. Tais fatores comprometem a saúde desses profissionais e, por extensão, a segurança nas estradas.

Identificação e Assistência

Durante a campanha, foram coletadas informações sobre o perfil e estilo de vida dos motoristas, visando a conscientização sobre a importância do autocuidado. Motoristas que apresentaram condições de saúde preocupantes, especialmente relacionadas à pressão arterial, receberam assistência médica imediata.

Contribuição do Exército e Parceiros

O Tenente-Coronel Sergio Eduardo Mesquita Zanini, Diretor do Hospital de Guarnição de Santiago, destacou o compromisso dos militares da Saúde do Exército em apoiar ações públicas que beneficiem a sociedade. A campanha contou com a participação da Secretaria Municipal da Saúde de São Borja, alunos do curso de Enfermagem da URI Santiago, além das equipes de enfermagem, odontologia e análise clínica laboratorial do hospital.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).