Boa Vista (RR)  Militares do 1º Batalhão Logístico de Selva apoiaram a Polícia Federal no transporte das 56 toneladas de cassiterita apreendidas no município de Bonfim (RR), no dia 14 de setembro. O material foi levado para as instalações da Polícia Federal.

Depois do ouro, garimpeiros ilegais agora miram outros produtos valiosos no subsolo indígena, como a cassiterita, de onde se extrai o estanho, usado para produzir ligas como as folhas de flandres, famosas e úteis por sua maleabilidade e pela capacidade de evitar corrosão e ferrugem. Por conta dessas propriedades, o metal é bastante utilizado em latas de alimentos, acabamento de carros, fabricação de vidros e telas de celular.

A ação do 1º Batalhão Logístico de Selva está alinhada com as operações contra o garimpo ilegal realizadas pelo Exército em Roraima. Nesse contexto, o Batalhão colabora no combate aos crimes transfronteiriços e ambientais na região.

Fonte: 1º Batalhão Logístico de Selva

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui