As recentes chuvas torrenciais no estado do Acre desencadearam uma das mais significativas operações de resposta a desastres deste ano, nomeada “Operação Acre”. Sob a coordenação da 17ª Brigada de Infantaria de Selva e em parceria estratégica com a Defesa Civil estadual, o Exército Brasileiro mobilizou recursos e pessoal para prestar socorro emergencial à população afetada. Ao todo, aproximadamente 38 mil pessoas receberam assistência direta, incluindo 6 mil indígenas, destacando o compromisso do Exército com todas as comunidades.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

SERVIÇOS ESSENCIAIS E AÇÕES DE SOCORRO

Durante a operação, foram priorizadas ações para garantir o abastecimento de água potável e a distribuição de alimentos essenciais às comunidades isoladas. Adicionalmente, em áreas com risco iminente de inundação, equipes do Exército atuaram na evacuação segura de famílias e seus pertences para regiões seguras. A presença constante e a ação decisiva dos militares foram cruciais para evitar maiores tragédias.

SAÚDE E INFRAESTRUTURA: PILARES DA RESPOSTA

Equipes médicas e odontológicas do Exército ofereceram cuidados de saúde emergenciais, incluindo consultas, distribuição de medicamentos e procedimentos básicos de saúde dental, que foram fundamentais para prevenir surtos de doenças em condições de abrigo temporário. Paralelamente, o corpo de engenharia do Exército desempenhou um papel vital na reconstrução rápida de pontes e estradas, restaurando o acesso vital para a continuidade dos esforços de socorro e a retomada das atividades normais da população local.

COMPROMISSO CONTÍNUO E PREPARAÇÃO PARA DESASTRES

O Exército Brasileiro, com sua experiência consolidada em gestão de crises, reafirma seu papel como força de resposta rápida a desastres naturais. Com unidades em prontidão constante, a Força está preparada para agir em qualquer região do país afetada por alagamentos, desabamentos e outros desastres. Esta prontidão integra a capacidade do Exército de trabalhar em conjunto com governos estaduais e municipais, além de outros órgãos de resposta a emergências, para mitigar impactos e auxiliar na recuperação das áreas afetadas.