Google News

Em 28 de fevereiro de 2021, a pesquisa espacial brasileira viveu um marco na sua trajetória, com o lançamento bem sucedido do satélite Amazônia 1, de uma base na Índia. O projeto, iniciado há quase 20 anos, inclui o Brasil no seleto grupo de países que dominam o ciclo completo de desenvolvimento de satélites. Mas o que fará o Amazônia 1, e que importância tem essa conquista científica e tecnológica?

Estas são algumas das questões previstas para o terceiro encontro da série de debates Ciência UFSCar, promovida pela Assessoria de Comunicação Científica da UFSCar. O debate, que acontece – virtualmente – em 20 de maio, às 17 horas, contará com a participação de dois dos principais responsáveis pela chamada Missão Amazônia – que prevê o lançamento de mais dois satélites, o Amazônia 1-B e o Amazônia 2. Estarão presentes Adenilson Roberto da Silva, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), coordenador da Missão; e Paulo Roberto Braga Barros, Diretor de Gestão de Portfólio da Agência Espacial Brasileira (AEB), ambas instituições vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

A programação do encontro – intitulado “Satélites brasileiros: de Cubesats ao Amazônia 1” – foi estabelecida em parceria com Rafael Vida Aroca, docente do Departamento de Computação da UFSCar que coordena a Olimpíada Brasileira de Satélites, também uma iniciativa do MCTI. Assim, o encontro abordará não apenas a tecnologia de ponta na área, mas também o potencial educacional do trabalho com satélites. O quarto convidado do debate é Mariano Eduardo Moreno, docente do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSCar, que tem experiência de atuação no desenvolvimento de câmeras para satélites brasileiros.

A mediação do encontro será da jornalista Mariana Pezzo, assessora para Comunicação Científica da UFSCar. A transmissão será nos canais UFSCar Oficial no Facebook e YouTube, com cobertura ao vivo no Twitter @ciencia_ufscar.

Sugestões de temas para próximos encontros e solicitações de apoio na divulgação de resultados de pesquisa podem ser encaminhadas ao e-mail [email protected]

Fonte: Portal BIDS

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!