O Centro de Instrução de Operações no Pantanal deu início, em 30 de abril, a mais um Estágio de Operações no Pantanal para militares do Comando Militar do Oeste. Os treinamentos acontecem nas instalações do 17º Batalhão de Fronteira, localizado em Corumbá (MS).

Objetivos e estrutura do treinamento

Durante o Estágio de Operações no Pantanal, oficiais e sargentos são treinados para operar no complexo ambiente pantaneiro. O programa tem duração de 572 horas, divididas nas fases Vida no Pantanal, Técnicas Especiais e Operações em Ambiente Pantaneiro. O objetivo é capacitar os combatentes com técnicas e conhecimentos específicos para enfrentar um dos terrenos mais desafiadores do Exército Brasileiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Desafios do ambiente pantaneiro

O Pantanal apresenta diversos desafios para as tropas do Exército, como uma faixa de aproximadamente 300 km de fronteira, planície de inundação, clima tropical e outros fatores que influenciam no grau de complexidade das operações no bioma. O Coronel R1 Maurício Bachie Ferreira ressalta que as operações em ambiente pantaneiro aprimoram as técnicas de emprego e forjam os combatentes do Pantanal para enfrentar as adversidades em prol da manutenção da integridade territorial.

Histórico e tradição do Estágio de Operações no Pantanal

O Estágio de Operações no Pantanal teve início em 1998, com 13 militares que formaram a primeira turma. O Coronel da Reserva Valdemir de Freitas Guimarães, estagiário da primeira turma, escreveu a Oração do Guerreiro do Pantanal, em alusão aos desafios específicos do ambiente pantaneiro. Atualmente, o estágio ocorre duas vezes ao ano e já formou cerca de dois mil Guerreiros do Pantanal.

O Tenente da Reserva Fábio Ruzicki Conceição, instrutor no primeiro estágio e atual Inspetor de Polícia em São Lourenço do Sul (RS), relembra a experiência de criação do treinamento e destaca o esforço empreendido para capacitar os combatentes a proteger um ambiente tão sensível e inóspito como o Pantanal.

Oração do Guerreiro do Pantanal

Senhor!
Vós que fizeste do dilúvio
ressurgir a terra,
Criastes dessas entranhas
o PANTANAL.
Com insetos e espinheiros;
O perigo das matas;
O calor e a friagem;
As enchentes
e os segredos das águas.
Mas, Senhor,
só vós sois Deus
A última luz do universo
Transformai as forças da natureza

No poder
do seu próprio defensor
Fazei explodir a coragem
Multiplicar a força
e consolidar a fé.
Pois aqui, Senhor
Da mistura de lama e sangue
do passado,
Empunhando o aço
de divina têmpera
Criaste o GUERREIRO DO PANTANAL.
A subjugar o invasor
e o adverso.
PANTANAL!

(Autoria do Cel VALDENIR DE FREITAS GUIMARÃES)

 

article?img id=16586011&t=1683641609244
article?img id=16586012&t=1683641609944
article?img id=16586013&t=1683641610613
article?img id=16586014&t=1683641611334
article?img id=16586015&t=1683641612210
article?img id=16586016&t=1683641612949
article?img id=16586017&t=1683641613731
article?img id=16586018&t=1683641614506
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).