A Escola Superior de Defesa promove até a sexta-feira (10) o 26º Curso de Extensão em Defesa Nacional (CEDN) em Porto Alegre (RS). O evento, que ocorre em formato híbrido, tem como objetivo estimular a reflexão e os estudos sobre temas relacionados à Segurança e à Defesa Nacionais. O CEDN tem a duração de 20 horas e é direcionado a civis de diferentes áreas acadêmicas.

O curso contará com a participação de autoridades locais e terá a presença de aproximadamente 80 alunos presenciais e mais de 500 remotos, simultaneamente. Além disso, serão trabalhados quatro grandes temas: a guerra russo-ucraniana; o papel das mulheres na Defesa; os desafios da Defesa na contemporaneidade; e a Geopolítica Polar.

blank

A abertura do curso foi realizada pelo Comandante da ESD, Vice-Almirante Paulo Renato Rohwer Santos, que apresentou a Escola Superior de Defesa e destacou a importância da realização de atividades como esta para disseminar o tema Defesa em diferentes frentes, especialmente na comunidade acadêmica.

O CEDN é uma atividade acadêmica promovida pelo Ministério da Defesa desde 2011 e, nesta edição, está sendo coordenado pela ESD, por meio da Coordenação de Extensão e Cooperação Acadêmica (CECOOP) da Escola. O curso conta com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da AMRIGS. Ao longo de sua existência, o curso passou por dezenove cidades do país e firmou parceria com mais de 23 instituições de ensino superior, alcançando mais de 50 mil pessoas, no Brasil e no mundo.

A reflexão sobre temas relacionados à Segurança e à Defesa Nacionais é de extrema importância para a disseminação do conhecimento e para a formação de uma sociedade consciente e preparada para lidar com os desafios que envolvem a defesa do país. O CEDN é uma oportunidade para que civis de diferentes áreas acadêmicas possam se aprofundar em temas relevantes para a segurança nacional e para o desenvolvimento do país.

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).