O Comando Militar do Leste, agindo por meio do 5º Grupamento de Engenharia (5º Gpt E), demonstrou prontidão e eficiência ao iniciar o deslocamento de recursos e pessoal especializado para atender a uma situação crítica nos municípios de Ilicínea e Boa Esperança, em Minas Gerais. A operação, iniciada após uma solicitação urgente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), tem como objetivo primordial restabelecer o fluxo de veículos e garantir a conectividade entre as duas localidades.

Montagem de Ponte Provisória LSB: Solução Estratégica e Confiável

Snapinsta.app 426168470 402557169203705 3890273551036157919 n 1080

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A solução adotada para superar o desafio imposto pela ponte danificada envolve a montagem de uma ponte provisória do tipo LSB (Logistic Support Bridge). Este tipo de estrutura, conhecida por sua robustez e flexibilidade, permite uma instalação rápida e eficiente, sendo uma resposta adequada para situações de emergência que exigem uma ação imediata e confiável.

Compromisso com a Infraestrutura e o Bem-Estar da Comunidade

A ação do 5º Grupamento de Engenharia reafirma o compromisso do Comando Militar do Leste com a manutenção da infraestrutura crítica e com o bem-estar das comunidades afetadas. A capacidade de resposta e a expertise técnica dos militares de engenharia estão sendo empregadas para minimizar os transtornos e garantir a segurança dos cidadãos que dependem da rota entre Ilicínea e Boa Esperança para suas atividades diárias.

Colaboração e Sinergia entre Entidades

A operação destaca a importância da colaboração e da sinergia entre diferentes entidades e setores do governo. A coordenação entre o Comando Militar do Leste, o 5º Grupamento de Engenharia e o DNIT exemplifica como ações conjuntas e planejadas podem resultar em soluções eficazes para desafios de infraestrutura, especialmente em situações de emergência.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).