blank
A Embraer anunciou hoje, no Dubai Air Show, melhorias no programa de manutenção dos jatos executivos Legacy 600, Legacy 650 e Lineage 1000. Para o Legacy 650 e o Legacy 600, a Embraer eliminou a necessidade de uma parada intermediária para clientes com baixa utilização, o que significa que o pacote de inspeção de tarefas a serem realizadas a cada seis meses, denominado LU6, agora é estendido para uma inspeção anual (pacote LU12).
Para o Lineage 1000, a Embraer eliminou a necessidade de retirada dos tanques auxiliares de combustível dianteiros durante a revisão de 48 meses, dobrando o intervalo para a verificação para 96 meses. Esta atualização representa uma melhoria significativa no programa de manutenção do Lineage 1000, aumentando a disponibilidade da aeronave e reduzindo os custos de manutenção.
Ambas melhorias são resultado de um processo de análise, revisão e otimização aplicada aos dados de campo da frota, que são coletados com o auxílio da Rede de Centros de Serviços. As melhorias também reforçam o compromisso da Embraer em suporte pós-venda, fornecendo evolução contínua do programa de manutenção, tanto para os clientes quanto para operadores.
O Lineage 1000 é um jato particular da categoria ultra-large baseado na bem-sucedida plataforma do jato comercial E190. Após sua entrada em serviço, em 2009, a Embraer lançou uma nova variante em 2013, o Lineage 1000E, e hoje a aeronave é operada em todo o mundo.
Atualmente, esses modelos representam um total de 291 aeronaves que voam ao redor do mundo. Desse total, 157 são Legacy 600, 108 são Legacy 650 e 26 são Lineage 1000.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia