O clímax da atuação da Força Aérea Brasileira na 2a Guerra Mundial ocorreu em 22 de abril de 1945, quando uma grande ofensiva dos Jambocks contabilizou 44 decolagens, totalizando 11 missões em um único dia. O dia amanheceu nublado. As três Esquadrilhas (Verde, Azul e Vermelha) do Grupo levantaram vôo a partir das 08:30h, com o objetivo de atacar estruturas e veículos próximos a San Benedetto.

Uma delas decolou pouco depois, em direção ao sul de Mantua, para uma missão de reconhecimento armado, destruindo mais de 80 veículos, além de fortes, tanques e balsas. Ao fim do dia, o Grupo acumulou 44 missões individuais e destruiu mais de 100 alvos. Dois P-47 foram avariados e um abatido, sendo seu piloto capturado pelos alemães. Por este motivo, celebra-se então em 22 de abril o Dia da Aviação de Caça.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).