Google News

No dia 3 de fevereiro, foi dado um importante passo na definição das atribuições do Instituto Naval de Pós-Graduação (INPG), quando, por meio da Portaria nº 22/MB/MD, o Comandante da Marinha alterou as tarefas afetas ao Instituto.

Foram estabelecidas como tarefas do INPG: prover à Alta Administração Naval estudos científicos interdisciplinares relativos às tendências tecnológicas, com a contribuição das Organizações Militares Orientadoras Técnicas (OMOT); exercer a governança da Rede de Ensino de Pós-graduação e Graduação Tecnológica; propor cursos de pós-graduação e de graduação tecnológica; induzir pesquisas acadêmicas alinhadas aos interesses estratégicos da Marinha e consolidar, no âmbito da Força, o conhecimento científico academicamente desenvolvido.

Criado em 29 de maio de 2020, o INPG é fruto da visualização, por parte da Alta Administração Naval, da necessidade de aprimorar a capacitação de pessoal da Marinha do Brasil (MB), buscando fazer frente aos desafios impostos pelo avanço exponencial das tecnologias, característico da atual era do conhecimento. Trata-se de uma Organização Militar subordinada ao Estado-Maior da Armada, que buscará levantar tendências e apresentar soluções que permitam o alinhamento da capacitação profissional do pessoal da MB ao que há de mais avançado em diferentes áreas do conhecimento, elencadas como prioritárias para o planejamento estratégico da Força. A expectativa é de que tais soluções visualizadas possam ter também uma aplicação mais ampla em benefício da sociedade brasileira.

Fonte: Marinha do Brasil

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui