Nesta segunda-feira (3), as Forças Armadas iniciam operação de apoio à vacinação contra a Covid-19 na capital federal, em parceria com o Governo do Distrito Federal (GDF). O posto será instalado na Praça dos Cristais, em frente ao Quartel General do Exército e o funcionamento será à noite, das 18h às 23h. A vacinação seguirá o mesmo calendário determinado pelo GDF e serão aplicadas a primeira e a segunda doses. Com atendimento drive-thru, contribuirá para a organização e a segurança do local. Esse sistema possibilita a aplicação dos imunizantes sem que a pessoa saia do automóvel, o que evita aglomerações e exposições desnecessárias.

Google News

Os militares do Comando Conjunto Planalto (CCP) trabalharão diretamente no processo de imunização. As equipes de militares da área de saúde, que vão atuar na vacinação, foram capacitadas e receberam treinamento específico oferecido pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Combate à pandemia

Desde o início da pandemia, o Comando Conjunto Planalto empreendeu diversas ações de prevenção e controle no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus na capital federal. Esse Comando Conjunto, assim como os demais ativados pelo País, foi ativado a partir da deflagração da Operação Covid-19 pelo Ministério da Defesa. O CCP é formado por militares da Marinha, por intermédio do Comando do 7º Distrito Naval, do Exército, por meio do Comando Militar do Planalto, e pela Aeronáutica, com militares da ALA 1, a Base Aérea de Brasília.

Os militares do Comando Conjunto Planalto já realizaram 142 campanhas de doação de sangue, com quase 1.500 doadores, distribuíram centenas de cestas de alimentos e kits de higiene para famílias de baixa renda, transportaram 420 toneladas de cargas em apoio a órgãos de saúde e segurança pública, produziram 52 mil máscaras para proteção das tropas empregadas no combate ao novo coronavírus, descontaminaram mais de 300 espaços públicos, além de empregarem 11 aeronaves no transporte de pacientes.

20210429_descon.jpeg

Coordenação
O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao novo coronavírus. Nesse contexto, foram ativados 10 Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento.


Com informações do Comando Conjunto Planalto
Foto: Divulgação/CMP

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui