O Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ) iniciou, no dia 21 de janeiro, o período de adaptação dos alunos recém-matriculados. Todos os protocolos de segurança devido à pandemia do Covid-19 estão sendo adotados para manter a integridade dos alunos, instrutores, monitores e demais integrantes da instituição.

Logo na chegada, os estudantes passaram pelo posto de triagem, onde tiveram suas temperaturas aferidas e os calçados e as mãos higienizadas. Na sequência, os alunos foram distribuídos nos grupamentos de instrução e seguiram nas atividades de avaliações diagnósticas, instruções de Ordem Unida, palestra sobre o manual do aluno e hinos e canções.

Fonte: Colégio Militar do Rio de Janeiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).