Brasil e Estados Unidos realizam exercício combinado entre Forças Armadas

blank

Militares de uma Companhia Paraquedista do Exército Brasileiro participam da Operação Culminating, treinamento combinado inédito entre o Brasil e os Estados Unidos da América (EUA). Para acompanhar a capacitação, o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, esteve em Fort Polk, no estado de Louisiana, nos Estados Unidos. Ele foi recebido pelo Comandante do Comando do Sul dos EUA, Almirante Craig Faller, e pelo Comandante-Geral das Forças do Exército dos Estados Unidos, General Michael Garrett.MD_20210203_MATERIA01_FOTO01.pngFernando Azevedo emocionou-se ao dirigir-se aos paraquedistas, recordando a importância do momento e a parceria entre as Forças Armadas dos dois países. “A nossa história começa na II Guerra Mundial. A Força Expedicionária Brasileira ombreou com os americanos, nos campos da Itália, contra o nazi-facismo. Em seguida, uma equipe de paraquedistas pioneiros veio para a 82ª Divisão Aerotransportada colher os ensinamentos da tropa aeroterrestre e iniciou a atividade do paraquedismo militar no Brasil. Em 2021, voltamos ombro a ombro neste exercício, inédito para uma tropa sul-americana”, discursou o Ministro.

MD_NOTICIAS_20210203_NOT01_FOTO2.jpg
Durante a visita do ministro à tropa, o Almirante Craig Faller dirigiu-se aos militares. “Vocês serão testados. Tenho plena confiança nas suas lideranças e habilidades”, afirmou. O Comandante do JRTC, Brigadeiro-General David Doyle, explicou que os militares passam por intenso processo de avaliação junto com os combatentes norte-americanos.

Os brasileiros fazem parte da Brigada de Infantaria Paraquedista (Bda Inf Pqdt) e, ao se unirem a equipe americana, passaram a integrar o 1-505 Regimento de Infantaria Paraquedista da 82ª Divisão Aerotransportada, organização militar norte-americana. Militares do Comando de Operações Terrestres (COTER) do Exército Brasileiro também participam da Operação Culminating.

MicrosoftTeams-image (3).pngAs autoridades militares acompanharam o início das atividades, que se deu com o salto noturno dos paraquedistas, lançados pela aeronave brasileira KC-390 Millennium. Essa é a primeira participação da aeronave em um exercício operacional.

MD_20210203_MATERIA01_FOTO04.jpg
Depois do salto, os militares realizaram uma marcha para o combate e conquistaram a fictícia Vila Pennsylvania, protegendo a população local contra o inimigo. O Comandante da Companhia brasileira da Operação Culminating, Capitão Falcão, destacou a preparação da tropa para cumprir a missão. “Nos preparamos, tendo diversas instruções específicas para qualificação dos nossos militares. Fizemos oito exercícios de nível companhia, envolvendo atividades que nos preparassem para o momento que estamos vivendo agora”, afirmou.

MicrosoftTeams-image (4).png
Integraram a comitiva do Ministro da Defesa, o Comandante Militar do Leste, General de Exército José Eduardo Pereira, o Chefe do Preparo da Força Terrestre, General de Divisão Affonso da Costa, e o Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Brigada Helder Braga. Em solo americano, uniram-se às autoridades os adidos do Exército nos Estados Unidos, General de Divisão Josias Pedrotti, e da Aeronáutica e de Defesa, Brigadeiro do Ar Ramiro Pinheiro; o Subcomandante de Interoperabilidade do Exército Sul (ARSOUTH), General de Brigada Alcides Faria Junior; e o Vice-Diretor do Diretório de Estratégia Política e Planos do Comando Sul (SOUTHCOM), Brigadeiro do Ar David Alcoforado.

Exercício Conjunto
A Operação Culminating é um treinamento com elevada simulação de combate e aplicação de modernas técnicas de simulação dos exercícios para operações reais que uma Grande Unidade militar – Brigada – pode realizar. O exercício combinado iniciou dia 3 de janeiro e termina dia 21 de fevereiro, no JRTC, em Fort Polk, nos Estados Unidos. A Operação Culminating finaliza o Plano Conjunto de atividades realizadas entre os Brasil e Estados Unidos ao longo de cinco anos.

Por Cap Viviane

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui