A bolsa FAPESP de Pós-doutorado está inserida no Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa (PDIP) institulado “Capacitação científica, tecnológica e em infraestrutura em radiofármacos, radiações e empreendedorismo a serviço da saúde” (Processo FAPESP no. 2017/50332-0). A bolsa será destinada para o desenvolvimento de um projeto específico com o tema “Reposicionamento de fármacos para o combate à COVID-19: desenvolvimento de sistemas de liberação controlada nanoestruturados para aplicação intranasal ou intravenosa”. Ao bolsista selecionado caberá a condução de pesquisa teórica e/ou empírica relacionada ao programa e participar de atividades como apresentação em seminários, elaboração de papers e artigos para submissão em periódicos de alto impacto acadêmicos.

O candidato deverá ter doutorado em Farmácia, Bioquímica, Química, Engenharia Química ou áreas afins. Será necessário conhecimentos em: síntese e caracterização de materiais nanoestruturados; técnicas analíticas (cromatografia gasosa, cromatografia líquida de alta eficiência, espectrofotometria, espalhamento de luz dinâmico), e desenvolvimento de kits liofilizados para administração sistêmica de fármacos.

A bolsa terá duração de 12 meses com dedicação de 40 horas semanais em horário comercial. O valor da bolsa será de R$ 7.373,10 mensais e reserva técnica, que equivale a 15% do valor anual da bolsa, destinada a realizar despesas diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Informações e inscrições

Os interessados deverão enviar documentação solicitada no edital via e-mail para: [email protected] com o título: “Bolsa – PDIP – Sistemas Nanométricos de Liberação Controlada” até 17/12/2020, às 17h. Demais esclarecimentos sobre o Programa podem ser solicitados pelo mesmo e-mail.

FAPESP e IPEN divulgarão o resultado em seus sites até o dia 19/01/2021, por ordem de classificação dos candidatos no processo seletivo. A previsão para início de trabalho é em 01/03/2021.

Demais informações: http://www.fapesp.br/oportunidades

Íntegra do Edital

Fonte: IPEN

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui