As estudantes Rebeca Virgílio da Silva, de João Pessoa, e Lívia Beatriz Barbosa Zeba, de Natal, alcançaram uma notável conquista na 45ª edição do concurso de redação “Operação Cisne Branco”, promovido pela Marinha do Brasil. Com mais de 15 mil competidores de 334 escolas, o evento celebra o talento e a dedicação de jovens estudantes em temas relacionados à Marinha e ao desenvolvimento de uma mentalidade marítima na sociedade brasileira.

Categorias e Temas de Destaque

escola

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Rebeca, estudante da Escola Municipal Cívico-Militar Chico Xavier, venceu na categoria Ensino Fundamental, com um ensaio sobre “A participação da Marinha na Independência do Brasil”. Lívia, do Colégio Nossa Senhora das Neves, conquistou o primeiro lugar no Ensino Médio, explorando o tema “Poder Naval e a Independência do Brasil: a consolidação da soberania pelo mar”.

Inspiração e Reconhecimento

Ambas as estudantes expressaram sua satisfação e gratidão pela vitória no concurso. Rebeca destacou o cuidado e a pesquisa envolvida na elaboração de sua redação, enquanto Lívia apreciou a oportunidade de se aprofundar em um tema que agora considera para sua futura carreira.

Prêmios e Reconhecimento

Como campeãs nacionais, Rebeca e Lívia receberão um notebook cada uma, além de uma visita ao Navio-Veleiro “Cisne Branco”. Os premiados em diferentes níveis, de escola a distrito, receberam diplomas, medalhas e prêmios variados.

Significado da “Operação Cisne Branco”

A “Operação Cisne Branco” é mais do que um concurso de redação; é uma iniciativa para despertar nos jovens, pais e professores o interesse por temas marítimos e reforçar a importância da Marinha na história e no presente do Brasil. O concurso, iniciado em 1976, teve um hiato durante a pandemia, mas retornou com força total, atraindo milhares de participantes.

Talentos Emergentes e Mentalidade Marítima

As vitórias de Rebeca e Lívia no concurso “Operação Cisne Branco” são um testemunho do talento emergente no Brasil e da crescente consciência sobre a importância do mar para a nação. Esses jovens talentos não apenas demonstram habilidade em escrita, mas também refletem o sucesso de iniciativas que visam desenvolver uma mentalidade marítima na sociedade brasileira.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).