A Agência Espacial Brasileira (AEB) promoveu aos participantes da 17ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – evento organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) – oficinas e entregas das tradicionais dobraduras de satélites e de foguetes.

Com o objetivo de incentivar crianças e adolescentes para as carreiras relacionadas ao setor aeroespacial, no estande da Agência o público tem acesso ao trabalho realizado pela autarquia, que é vinculada ao Ministério, tendo acesso a toda sua história e importância para o desenvolvimento do Brasil.

A coordenadora de Relações Institucionais da Agência Espacial Brasileira, Renata Oliveira, destacou a relevância de difundir o trabalho da AEB/MCTI para o público e que a realização do evento contribui para essa popularização em torno da atuação da entidade. “Nós estamos na 17ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e a Agência Espacial Brasileira sempre participou; é um dos estandes mais movimentados, oferecendo aos visitantes a oportunidade de despertar vocações profissionais para o ‘futuro da nação’, que são as nossas crianças e adolescentes”, disse Renata.

Oficina

O professor Anderson Nascimento, da Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologias Espaciais (Funcate), ligada à Agência Espacial Brasileira, apresentou a oficina sobre o FloripaSat-1, um nanossatélite brasileiro que foi construído pela Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com o UniEspaço, programa da AEB/MCTI. “Ele foi lançado dia 20 de dezembro do ano passado e vai fazer um ano que está em órbita. É um pequeno satélite de mais ou menos 10 cm por 10 cm e pesa 1kg. Possui um módulo de rádio que, as pessoas em Terra que tiverem radioamador, por exemplo, e estiverem em uma floresta, ou em um lugar que não tem telefonia e internet, podem acessar o satélite e fazer a comunicação”, apontou o professor durante a oficina de montagem do nanossatélite ao destacar que rádios satélites do mundo inteiro podem ser usados com o FloripaSat-1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui