A Delegacia do Estado do Espírito Santo celebra seus 53 anos de existência, marcados por uma trajetória de compromisso e dedicação à causa adesguiana. Ao longo dos anos, a tradição de realizar um CEPE a cada cinco anos foi mantida. No entanto, este ano, essa tradição foi interrompida, trazendo uma certa melancolia ao nosso estimado Delegado, Dr. Ricardo Bergmann.

A Verdadeira Força da Delegacia

Em uma reunião interna realizada no dia 17 de agosto, algo notável foi observado. Os presentes, membros da Diretoria e adesguianos veteranos, eram indivíduos profundamente comprometidos com a missão da Delegacia. A presença do sempre sorridente Vice-Delegado, Tenente Capovilla, trouxe a tranquilidade necessária para o momento. Conversas sobre a relevância da Delegacia e sua posição estratégica no cenário político atual enriqueceram o encontro. Afinal, quantas vezes na história vimos pequenos grupos alcançarem feitos maiores do que grandes formações?

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Valores Inabaláveis

O que realmente se destaca na Delegacia do Espírito Santo é a seriedade com que conduzem seus trabalhos, o espírito fraterno e leal e o respeito mútuo entre seus membros. Estes são os verdadeiros pilares que sustentam a instituição. Mesmo em um grupo menor, a alma guerreira, revestida desses valores, é capaz de enfrentar qualquer desafio. Isso foi claramente percebido pelo Presidente durante sua visita à Delegacia em Vitória. A presença online de Júlia também reforçou essa percepção.

Um Futuro Promissor

Dr. Ricardo, Capovilla e todos os membros presentes na reunião mostraram que, ao manterem o espírito de coesão e focarem nos objetivos puros da ADESG, nunca se desvanecerão. A lição que deixaram ao Presidente ANTONIO CELENTE VIDEIRA não foi apenas de gratidão, mas também de inspiração. A Delegacia do Espírito Santo, com sua força e união, certamente continuará a brilhar e a fazer a diferença no cenário nacional.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).