A última Guerra da China: Reflexões sobre o conflito Sino-Vietnamita de 1979

blank

Por Carlos Roberto Carvalho Daróz

Na alvorada do século XXI, a China se apresenta no cenário mundial como uma potência econômica, populacional e militar, projetando-se como um dos mais promissores países em um futuro próximo. Tal condição, no entanto, contrasta com o discutível desempenho de suas forças militares no último conflito do qual tomou parte: a breve Guerra Sino-Vietnamita de 1979. A última guerra da China terminou sem um vencedor claramente definido, abrindo o caminho para uma desafiadora transição entre os séculos XX e XXI, quando o País se posiciona como potência de primeira grandeza no cenário mundial. O propósito do presente artigo consiste em analisar a guerra limitada entre China e Vietnã, estudar sua influência para a estratégia e a geopolítica dos países do Sudeste Asiático, bem como avaliar o desempenho das forças militares chinesas no último conflito em que o país participou.

Artigo publicado na Revista Brasileira de Estudos Estratégicos, UFF.

Leia o artigo completo em: http://www.rest.uff.br/index.php/rest/article/view/228

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui