Buenos Aires (Argentina) – A Diplomacia Militar, um componente da Diplomacia de Defesa, inclui as operações militares, atividades como intercâmbio internacional de militares, compromissos ou acordos de alto nível, reuniões bilaterais e fóruns de diálogo (Ex: Conferência Bilateral de Estado-Maior – CBEM), exercícios (Ex: Exercício Combinado ARANDU), fóruns de defesa regionais, visitas de autoridades militares entre outras atividades e medidas para apoiar a confiança e a segurança mútua entre as Nações Amigas.

Nesse contexto, ocorreu entre 25 e 28 de junho, a Visita de Diplomacia Militar do Comandante Militar do Sul, General de Exército Fernando Jose Sant’Ana Soares e Silva. O General Soares começou sua visita sendo recebido no Palácio Pereda pelo Embaixador do Brasil na República Argentina, Reinaldo José de Almeida Salgado. Nos dias subsequentes teve uma audiência com o Chefe do Estado-Maior Geral do Exército Argentino, General Guillermo Olegário Pereda, no Edifício Libertador e, seguindo a programação, reuniu-se com o Subchefe do Estado-Maior Geral do Exército, General López Blanco, visitou a “Dirección de Arsenales”, onde pode ver o Projeto TAM 2C com o General Canosa e o Coronel Mayor Oteo, conheceu o “Colegio Militar de la Nación”, comandado pelo Coronel Martinez; a “Dirección de Educación Operacional” (onde ocorrerá a fase de simulação do Exercício Combinado ARANDU), comandada pelo Coronel Garcia; visitou o “Regimiento de Granaderos a Caballo”, comandado pelo Coronel Berra; e foi acompanhado durante a visita pelo Diretor de Remonta e Veterinária, General Barceló.

Fonte: Aditância do Exército na Argentina

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).