Comunidade local e turistas prestigiaram as atividades no porto

O Navio Veleiro (NVe) “Cisne Branco” esteve fundeado entre os dias 19 e 20 de maio na baía de Barbacoa, Colômbia, onde se encontrou com os veleiros que incorporaram à Comissão “Velas Latinoamerica 2022”: o Navio Escola “Glória”, da Armada da República da Colômbia; o Navio Escola “Cuauhtémoc”, da Marinha Armada do México; e o Navio-Escola “Almirante Juan Bautista Cambiaso”, da Armada da República Dominicana. Os navios seguiram juntos para Cartagena das Índias, onde realizaram Desfile Naval no dia 21, desde a entrada da baía que banha a cidade até a atracação no cais da Base Naval Bolívar, permanecendo até o dia 26.

Nessa fase da comissão, foram realizados diversos eventos, como cerimônias e desfiles militares, aposição floral, recepções oficiais, visitas aos pontos turísticos da cidade, além de atividades esportivas de integração entre as tripulações e marinhas amigas. Destaque especial pode ser feito ao show de abertura da Fase Cartagena da Velas Latinoamerica, que contou com artistas renomados, em palco montado para homenagear as comunidades náutica local e internacional.

Durante a estada no porto, os Comandantes foram recebidos pelo Prefeito da Cidade, Willian Dau Chamatt, que homenageou cada navio com Decreto e Chave da Cidade. No dia 24 de maio, o NVe “Cisne Branco” recebeu a visita do Ministro de Defesa Nacional da Colômbia, Juan Diego Molano Aponte, acompanhado da esposa e do Comandante da Força Naval do Caribe, Vice-Almirante Juan Ricardo Rozo Obregón. Os navios permaneceram abertos à visitação pública, recebendo cerca de 33.000 visitantes durante todo o período.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui