Durante a reunião foram debatidos assuntos operacionais e ambientais

Entre os dias 16 e 19 de outubro, a Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) foi o epicentro de importantes discussões sobre o tráfego aquaviário no Nordeste. A Reunião Funcional do Grupo Nordeste I teve como principal objetivo a padronização e o aperfeiçoamento dos procedimentos operativos. Estes procedimentos são cruciais para as atividades das Organizações Militares e para os componentes do Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário, abrangendo estados como Bahia, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e até o município de Juazeiro.

Presenças Notáveis

A reunião contou com a presença de autoridades de alto escalão. Foi presidida pelo Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Sérgio Renato Berna Salgueirinho. Também marcou presença o Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alexander Reis Leite. Os Capitães dos Portos dos estados envolvidos não apenas participaram, mas também proferiram palestras, compartilhando conhecimentos e experiências. A reunião ainda contou com representantes da Diretoria de Portos e Costa (DPC) e da Diretoria-Geral de Navegação (DireGN), reforçando a importância do evento.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Visita ao Complexo Portuário de Suape

WhatsApp Image 2023 10 20 at 14.00.25 1
Visita institucional ao complexo portuário de Suape

Um dos momentos mais significativos da reunião foi a visita ao complexo portuário de Suape. Este porto é um dos mais importantes do Nordeste e do Brasil. Durante a visita, representantes da DPC, da DireGN e os capitães dos portos discutiram questões operacionais e ambientais. Estas discussões são fundamentais para garantir que o porto opere de maneira eficiente, segura e sustentável.

A Reunião Funcional do Grupo Nordeste I é um exemplo claro do compromisso das autoridades marítimas em garantir a segurança, eficiência e sustentabilidade do tráfego aquaviário no Nordeste. Através de discussões produtivas e visitas técnicas, busca-se sempre o aprimoramento e a excelência nas operações portuárias.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).