Integração entre as Unidades Subordinadas

As Unidades da Tropa de Reforço, subordinada à Força de Fuzileiros da Esquadra, realizaram o exercício “SUBEX-REF 2021”, no período de 19 a 26 de junho, na Área de Apoio Administrativo “Almirante José Carlos Ribeiro da Silva”, em Itaóca, no litoral sul capixaba. O adestramento teve o propósito de manter efetivos e meios em condições de pronto emprego, contribuindo para a prontidão operativa dos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais, particularmente, no que se refere às capacidades logísticas que concorrem para assegurar o caráter expedicionário do Corpo de Fuzileiros Navais. O treinamento contou com um efetivo de aproximadamente 550 militares, além dos meios operativos essenciais às atividades de Apoio ao Combate e de Apoio de Serviços ao Combate.

Buscou-se a integração das diversas Unidades Subordinadas nos adestramentos realizados mediante execução de tarefas essenciais, destacando-se a realização de comboios operativos, operação de Praias de Desembarque, emprego de Carros Lagarta Anfíbios, estabelecimento de Posto de Coleta de Prisioneiros de Guerra, Controle de Distúrbios, lançamento e destruição de obstáculos, desativação de artefatos explosivos, reconhecimento e descontaminação de agentes Nucleares, Biológicos, Químicos e Radiológicos (NBQR), Atendimento Pré-Hospitalar Tático, Suporte Básico de Vida no Trauma e Suporte Avançado de Vida.

frgsergdgshfb
Operação de uma Praia de Desembarque

Com o apoio do Comando do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais foi realizada uma exposição em terreno reduzido sobre o “Crescente Logístico nas Operações Anfíbias” com o propósito de descrever as diversas funções logísticas conduzidas pelo Componente de Apoio de Serviços ao Combate nas diferentes fases de uma Operação Anfíbia.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Durante o período do exercício, foram realizadas também ações de desinfecção em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Itapemirim, de forma a cooperar com a mitigação dos impactos causados pela pandemia no estado do Espírito Santo.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).