O coração de Minas Gerais, mais precisamente em Uberlândia, foi palco de um marco histórico. No dia 9 de agosto, a Capitania Fluvial de Minas Gerais celebrou a formação da primeira turma do Curso de Formação de Aquaviários – Marinheiro Fluvial de Convés Nível 3, parte do Programa do Ensino Profissional Marítimo (PREPOM). Os novos profissionais, que agora estão aptos a embarcar na Marinha Mercante, passaram por intensa formação na renomada Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Cerimônia de peso com autoridades

A emoção tomou conta durante a cerimônia de entrega dos certificados e carteiras. Presidida pelo Capitão dos Portos de Minas Gerais, o evento contou com a notável presença do Reitor da UFU, Sr. Valder Steffen Junior. Ambos ressaltaram a importância desse passo dado pelos 30 aquaviários que, após a formação, já estão fazendo a diferença nos portos do Triângulo Mineiro. Eles operam em funções cruciais, como na manipulação de dragas para extração de areia e nas balsas que cruzam as águas dos rios intermunicipais.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Profissionais a postos no Triângulo Mineiro

imagem 2023 09 01 060429842
1ª Turma do Curso de Formação de Aquaviários – Marinheiro Fluvial de Convés, na cidade de Uberlândia – MG

O Triângulo Mineiro, já conhecido pelo seu potencial econômico e logístico, passa agora a contar com profissionais devidamente capacitados pela Marinha Mercante. Estes marinheiros fluviais serão o motor de operações importantes, como a extração de recursos naturais e o transporte fluvial, vital para a mobilidade e comércio da região. É um passo adiante na consolidação de Minas Gerais como um estado estratégico também no setor aquaviário.

Compromisso da Marinha com Minas Gerais

A cerimônia não apenas celebrou a formação de profissionais capacitados, mas também reforçou a dedicação e presença constante da Marinha do Brasil em Minas Gerais. A Marinha, ao investir na capacitação local, impulsiona a economia, fortalece os laços com a comunidade e, acima de tudo, reafirma seu compromisso cívico e social com o povo mineiro.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).