blank
Sessão extraordinária de exoneração e posse de Juiz Militar

No dia 31 de março de 2021, foi realizada sessão extraordinária de exoneração e posse de Juiz Militar do Tribunal Marítimo, presidida pelo Juiz-Presidente, Vice-Almirante (RM1) Wilson Pereira de Lima Filho. O Capitão de Mar e Guerra (EN-Ref°) Geraldo de Almeida Padilha, após mais de oito anos atuando como juiz na cadeira destinada a juiz militar do Corpo de Engenheiros Navais da Marinha, transmitiu o cargo para o Capitão de Fraga (EN-RM1) Júlio César Silva Neves.

Estiveram presentes o Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos; o Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Arthur Fernando Bettega Corrêa; o Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira; e o Diretor da Procuradoria Especial da Marinha, Vice-Almirante Domingos Savio Almeida Nogueira. A Dra. Ingrid Zanella fez o discurso por videoconferência, representando os advogados que labutam na Corte do Mar. O número de convidados foi restrito em virtude das medidas preventivas de segurança diante da pandemia causada pela Covid-19.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank
Assinatura do Termo de Posse pelo Juiz Capitão de Fraga (EN-RM1) Júlio César Silva Neves

A sessão extraordinária foi repleta de homenagens em reconhecimento aos excelentes serviços prestados pelo Juiz Padilha. Já o Juiz Julio, com sua larga experiência na área naval e no meio civil, em seu currículo acadêmico e profissional, destaca-se Doutor em engenharia de produção pela UFRJ, com mestrado em Transporte Marítimo pela mesma Universidade, além de ser mestre pelo Instituto Militar de Engenharia, o IME, onde atuou como professor nos cursos de graduação e de mestrado. Seu vasto currículo vem somar profissionalismo e técnica à singular Corte do Mar.

Fonte: Marinha do Brasil