A Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) concluiu com êxito a primeira fase da Campanha “Travessia Segura”, uma iniciativa destinada a aumentar a fiscalização e promover a segurança nas embarcações de transporte de passageiros e turismo náutico nas águas baianas. Esta campanha, que começou no dia 26 de janeiro e encerrou no último domingo (4), registrou um aumento significativo nas atividades de fiscalização, refletindo o compromisso contínuo da CPBA em assegurar uma navegação segura.

Resultados Expressivos

Durante o período da campanha, foram realizadas 1.241 abordagens a embarcações, um aumento de cerca de 44% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando 864 embarcações foram abordadas. Esse esforço resultou em 143 notificações emitidas, 7 embarcações apreendidas e 138 testes de alcoolemia, demonstrando a abrangência e a eficácia das ações de fiscalização.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Foco na Segurança e Conscientização

As inspeções realizadas pelos Inspetores Navais abrangeram a verificação de documentação das embarcações, habilitação dos condutores, estado de conservação dos equipamentos de salvatagem, extintores de incêndio e luzes de navegação. Além das inspeções, foram promovidas ações educativas direcionadas aos passageiros e tripulações, enfatizando a importância do uso de coletes salva-vidas e a adoção de práticas seguras durante a navegação.

Impacto Positivo na Comunidade Náutica

A campanha “Travessia Segura” não apenas reforçou a segurança nas águas da Bahia, mas também serviu como um importante meio de conscientização para a comunidade náutica sobre a importância de seguir regulamentos e práticas seguras. O aumento no número de abordagens e ações de conscientização visam criar um ambiente marítimo mais seguro para todos, contribuindo para a prevenção de acidentes e a promoção de uma cultura de segurança marítima.

Continuidade e Compromisso

O sucesso da primeira fase da campanha “Travessia Segura” reitera o compromisso da Capitania dos Portos da Bahia com a segurança marítima e o bem-estar da sociedade. A CPBA continua dedicada a melhorar as condições de navegação e a fortalecer as medidas de segurança, demonstrando seu papel vital na manutenção da ordem e segurança nas vastas águas jurisdicionais do estado.

A iniciativa “Travessia Segura” representa um passo importante na direção de um futuro onde a segurança náutica é prioritária, garantindo que a beleza e o potencial turístico das águas baianas possam ser desfrutados de maneira responsável e segura por todos.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).