Entre os dias 22 e 23 de junho, o Superintendente da Polícia Rodoviária Federal na Bahia , inspetor Virgílio de Paula Tourinho, participou do Seminário Internacional de Segurança Viária, que teve como objetivo principal a integração entre agências da Segurança Viária de diversos países.

O evento aconteceu em Brasília e contou com palestrantes nacionais e internacionais que trouxeram discussões acerca da segurança viária. O intuito foi gerar reflexões sobre os procedimentos relacionados à segurança viária adotados pelos órgãos e entidades, especificamente os voltados à prevenção de acidentes e redução da violência no trânsito.

Durante sua participação no evento, o Diretor-Geral da PRF, inspetor Silvinei Vasques, destacou a grandeza desse seminário para a promoção da integração entre instituições, além da ampliação de parcerias em ações de capacitação e operações conjuntas como forma de buscar a solução para os diversos desafios da segurança viária.

Para o Inspetor Vasques, o trabalho em parceria contribui para a redução da violência no trânsito. Ressaltou que, apesar da redução no número de mortes nas rodovias federais na última década, ainda é necessário realizar ações e programas de educação para o trânsito – a exemplo do cinema rodoviário – para conscientização da população na missão de salvar e proteger vidas.

A PRF BA esteve presente na mesa redonda “Atuações em Rotas Peregrinas”, cuja temática foi apresentada na tarde do dia 22/06. Além do superintendente, a palestra também contou com a participação do policial rodoviário federal, Ramalho Junior.

Durante sua explanação, o inspetor Tourinho destacou a importante atuação da instituição no estado para a humanização e segurança do trânsito. Ressaltou que o planejamento operacional de segurança viária implementado pela PRF é um case de sucesso, principalmente as ações relacionadas as atividades educativas , que vem, por anos seguidos, desde 2012, reduzindo a ocorrência de acidentes graves e a quantidade de vítimas fatais registradas nas rodovias federais que cortam a Bahia.

A interação entre agências proporcionará maior sinergia através das trocas de boas práticas e da apresentação de cases de sucesso nos respectivos países, garantindo maior percepção das particularidades afetas ao tema.

A realização do Seminário Internacional está alinhada à campanha da Organização Mundial de Saúde (OMS) pela redução dos acidentes e mortes no trânsito, cuja meta é prevenir ao menos 50% das mortes e lesões no trânsito até 2030, e segue o mesmo traçado do Mapa Estratégico da Polícia Rodoviária Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui