Voiced by Amazon Polly

Google News

Por Lane Barreto

Na tarde da segunda-feira (02), o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, esteve nas instalações da Marinha localizadas no Complexo do 1º Distrito Naval, região central da capital fluminense.

Acompanhado do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, o titular da Pasta assistiu à apresentação sobre o Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (SisGAAz), proferida pelo Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alipio Jorge Rodrigues da Silva.

Em parceria com agências e órgãos governamentais, a Marinha coordena a implementação e o aperfeiçoamento do SisGAAz. Esse sistema integra equipamentos compostos por radares em terra e em embarcações e possui a finalidade de monitorar a Amazônia Azul e protegê-la contra ameaças, agressões ou ilegalidades.

Foto 1_.jpeg

A intitulada Amazônia Azul corresponde à parcela de mar, hidrovias e demais águas interiores sobre as quais o Brasil possui jurisdição, responsabilidade e direitos. Equivale a cerca de 5,7 milhões de quilômetros quadrados de extensão de uma área rica em biodiversidade e recursos naturais.

“Ao longo dos últimos anos, a Marinha consolidou o conceito de Amazônia Azul. Sob permanente vigilância da Força Naval, essa porção marítima representa uma imensidão de riquezas com vertentes econômica, científica, ambiental e social”, ressaltou o Ministro da Defesa.

Pesca, turismo, transporte marítimo, exploração de petróleo, bioenergia e preservação de sítios ambientais são algumas das atividades elencadas dentro do conceito de Amazônia Azul. “O sistema destaca-se pela parceria com as outras Forças Singulares, agências e órgãos governamentais, por intermédio da integração entre os atores capazes de fomentar e compartilhar as informações pertinentes para o aperfeiçoamento da pesca, do turismo, do transporte marítimo, da exploração de petróleo, da bioenergia e da preservação de sítios ambientais”, reforçou o Ministro sobre a ampla funcionalidade do SisGAAz.

Foto 2_.jpeg

Na ocasião, o Comandante da Marinha enfatizou a importância de divulgar a iniciativa. “Nós tivemos a oportunidade de tratar sobre o projeto SisGAAz, que é um grande projeto para defender ainda melhor a Amazônia Azul, sob o olhar de quem conduz a iniciativa, o Comando de Operações Navais”, lembrou.

Ainda durante a visita, o Ministro Braga Netto conheceu o Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR), Organização Militar subordinada ao Comando de Operações Navais com atribuição de promover a consciência situacional do tráfego marítimo. O CISMAR atua integrado com organizações governamentais, para coibir a pesca ilegal e não autorizada, além do tráfico de drogas, entre outras atividades.

Por fim, o titular da Pasta da Defesa conferiu as atividades desenvolvidas no Centro de Comando do Teatro de Operações Marítimo (CCTOM). No local, é exercido o comando das operações navais, com a participação das Forças Singulares e de órgãos do Governo.

Fotos: Antonio Oliveira

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui