Seminário sobre Base Industrial de Defesa na Amazônia reúne militares, a indústria e a academia

O Núcleo de Estudos Estratégicos (NEE) do Comando Militar da Amazônia (CMA) realizou, nesta quarta-feira (17), o Seminário sobre Base Industrial de Defesa (BID) na Amazônia. Participaram da atividade representantes do Ministério da Defesa, da indústria, da academia e profissionais interessados na temática.

O Comandante Militar da Amazônia, Gen Costa Neves, abriu o evento e disse da honra em ter tantos convidados ilustres participando do Seminário. “O CMA só tem a agradecer a presença de todos. Defender a Amazônia é nossa missão, assim como apoiar questões ambientais, os povos originários, e o desenvolvimento regional, o que tratamos com este evento”, destacou.

Palestrantes

O seminário visou abordar temas diversos relacionados à Defesa Nacional e contou com os seguintes palestrantes: “Boas práticas e resultados obtidos pelas Empresas Estratégicas de Defesa no Estado de Santa Catarina”, pelo Gen Ex R1 Adhemar, Chefe do Escritório do Sistema Defesa, Indústria e Academia de Florianópolis/SC; “O papel da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança na BID” pelo Gen Div R1 Mattioli, Presidente-Executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE); “ENDEFORTE: uma oportunidade para o Exército e para o Brasil”, pelo Gen Div R1 Garrido, Assessor de Gestão Institucional do Estado-Maior do Exército e Gerente do Projeto Empresa Nacional de Desenvolvimento da Força Terrestre (ENDEFORTE); “Portfólio de necessidades de Produtos de Defesa no âmbito do Exército Brasileiro”, pelo Cel (EB) Sidney Lima, do Comando Logístico do Exército Brasileiro; “Financiamentos para o Desenvolvimento e Sustentabilidade da BID”, pelo Cel (EB) Torres, do Departamento de Financiamentos e Economia de Defesa, e “Cadastramento de Produtos e Empresas de Defesa”, pelo TC (FAB) Machado, do Departamento de Produtos de Defesa, ambos do Ministério da Defesa.

Participaram do evento, representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM), da Suframa, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), do Grupo Bemol, do Senai Inovação, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e da Moto Honda.

Em suma, as palestras abordaram, especialmente, sobre as oportunidades para as empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) realizarem o credenciamento e obterem financiamentos e incentivos fiscais junto ao Ministério da Defesa, a fim de participarem de uma ou mais etapas de pesquisa, desenvolvimento, produção, distribuição e manutenção de produtos estratégicos de defesa.

Serviço

As empresas do Polo Industrial de Manaus que tenham o interesse em realizar o credenciamento como Empresas Estratégicas de Defesa (EED), junto à Comissão Mista da Indústria de Defesa (CMID), do Ministério da Defesa, devem acessar o link do Sistema de Cadastramento de Produtos e Empresas de Defesa (SisCaPED), no endereço <http://siscaped.eb.mil.br/>, e verificar as informações e as legislações que orientam o credenciamento. Mais informações podem ser obtidas por meio do link da CMID <https://www.gov.br/defesa/pt-br/assuntos/industria-de-defesa/comissao-mista-da-industria-de-defesa-cmid-1>.

 

Fonte: Comando Militar da Amazônia

Fonte: Portal BIDS