Uma aeronave KC-30 (Airbus A330 200) da Força Aérea Brasileira (FAB) está preparada na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, aguardando autorização para decolar em uma missão de repatriação de brasileiros que estão na Faixa de Gaza. A FAB planeja realizar o voo rumo ao Aeroporto Internacional do Cairo, Egito, em uma viagem estimada de 15 horas.

Espera pela Autorização de Cruzamento de Fronteira

O voo está condicionado à permissão para que os brasileiros cruzem a fronteira em Rafah, que conecta Gaza ao Egito. O número exato de pessoas a serem repatriadas ainda não foi divulgado pela FAB.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Carregamento de Alimentos Não Perecíveis

Além da missão de repatriação, o avião KC-30 transportará aproximadamente 11 toneladas de alimentos não perecíveis. Estes suprimentos são parte da assistência humanitária fornecida pelo governo brasileiro para auxiliar na situação de crise na região.

Contexto da Repatriação

O primeiro voo de repatriação de brasileiros de Gaza chegou ao Brasil em 15 de novembro, após mais de um mês do início dos ataques de Israel ao território palestino. A demora foi devida à espera por autorização de saída pelo posto de fronteira de Rafah. No total, 32 brasileiros foram trazidos de volta ao Brasil nesse voo. Outro voo também repatriou 32 brasileiros da Cisjordânia, enquanto oito voos anteriores trouxeram 1.413 brasileiros que estavam em Israel.

Com info da Agencia Brasil

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).