A Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE), pilar essencial do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil (MB), comemorou seu 67º aniversário no dia 6 de fevereiro, reafirmando seu compromisso com a defesa e a projeção de poder do Brasil do mar para terra. Conhecida como a “Força que vem do mar”, a FFE tem desempenhado um papel crucial nas operações anfíbias, ribeirinhas, operações de paz e assistência humanitária, refletindo sua versatilidade e capacidade de adaptação em diversos cenários operacionais.

Capacitação e Prontidão

aniversario ffe galeria3

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Sob a liderança do Vice-Almirante (Fuzileiro Naval) Renato Rangel Ferreira, a FFE segue um rigoroso ciclo de adestramento, garantindo sua permanente condição de pronto emprego e alinhamento com a Estratégia Nacional de Defesa. Este ciclo prepara as tropas para atuar em todo o espectro das operações militares, evidenciando a importância da FFE na manutenção da segurança e da soberania nacional.

Estrutura Operacional da FFE

aniversario ffe galeria5

A estrutura da FFE é meticulosamente organizada para atender às demandas estratégicas e operacionais da Marinha do Brasil:

  • Comando da Divisão Anfíbia: Baseado na Ilha do Governador (RJ), é capacitado para executar operações anfíbias e terrestres limitadas, cruciais para campanhas navais.
  • Comando da Tropa de Reforço: Provê elementos de apoio ao combate e serviços essenciais para as missões dos Fuzileiros Navais.
  • Comando da Tropa de Desembarque: Atua como núcleo do Componente de Comando de Unidades Anfíbias e Componente de Combate Terrestre de Brigadas Anfíbias.
  • Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais (Batalhão Tonelero): Especializado em operações em ambientes hostis, com objetivos estratégicos claros.
  • Batalhão de Combate Aéreo: Responsável pelo controle aéreo, desdobramento em terra de meios aéreos e defesa antiaérea.
  • Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti: Suporte de comando, controle e administração essencial para a FFE e unidades no Complexo Naval Caxias-Meriti (RJ).

Reconhecimento e Homagens

aniversario ffe galeria6

A cerimônia de aniversário não apenas celebrou o legado histórico da FFE, mas também homenageou militares que se destacaram em suas carreiras. Entre eles, o Capitão-Tenente (Fuzileiro Naval) Ângelo Rocha, cujo testemunho ressaltou a honra e a satisfação de servir na Força, evidenciando o espírito de sacrifício e dedicação que caracteriza os membros da FFE.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).