Foto: SEPROD

Na última quarta-feira (03), o Ministério da Defesa (MD), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (Seprod), promoveu o 1º Seminário de Proteção do Conhecimento Sensível para empresas da Base Industrial de Defesa (BID). O evento, realizado no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São Paulo, contou com a parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e o Parque Tecnológico de São José dos Campos.

Foco na segurança da informação

O seminário teve como objetivo fomentar maior conscientização sobre a proteção do conhecimento sensível e aprimorar as medidas de segurança e proteção da informação em áreas estratégicas e sensíveis. O Diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação do MD (DECTI), Brigadeiro do Ar Antonio Ferreira de Lima Júnior, destacou a importância da iniciativa para assegurar a propriedade intelectual e capacidades das empresas da BID.

Palestras e temas abordados

As instituições parceiras realizaram diversas palestras voltadas a empresas vinculadas ao MD e desenvolvedoras de pesquisas em Ciência, Tecnologia e Inovação. Entre os temas abordados, estiveram “Desafios e oportunidades para empresas do setor aeroespacial na área de Proteção do Conhecimento”, “Sistema de Gestão de Bens Sensíveis” e “Programa Nacional de Proteção do Conhecimento Sensível”.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Sistema de Gestão do Conhecimento (SGC-MD)

O SGC-MD é um sistema concebido para atuar em todo o processo do Ciclo de Gestão do Conhecimento, incluindo aquisição, armazenamento, distribuição e uso. O DECTI, responsável pela gestão do sistema, atua com ações voltadas à proteção do conhecimento em áreas estratégicas e sensíveis da BID.

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).