blank

Google News

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), após receber pedido de apoio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, atuou em conjunto com os órgãos de segurança pública Estadual e Federal, no cumprimento de mandados de prisão e na desarticulação de organizações criminosas na comunidade da Vila Cruzeiro, município do Rio de Janeiro.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

A PORTARIA No 42, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA, DE 18 DE JANEIRO DE 2021 estabelece diretrizes para a participação da Polícia Rodoviária Federal em operações conjuntas, permitindo que este órgão atue em operações com a participação de órgãos integrantes do Sistema Único de Segurança Pública – SUSP e de outros órgãos das esferas federal, estadual, distrital ou municipal.

Além disso, a Polícia Rodoviária Federal, como um dos órgãos constitucionais responsáveis pela segurança pública no Brasil, deve, sempre, atuar em prol do interesse público. Dessa forma, o combate ao crime organizado é interesse de todas as entidades federativas, inclusive, da UNIÃO.

A facção criminosa que atua na referida comunidade é responsável por cerca de 80% dos crimes cometidos em todo estado do Rio, inclusive nas rodovias federais. Além disso, somente no estado do Pará foram registrados 10 (dez) atentados contra a vida de agentes públicos nas duas últimas semanas. Essas ações criminosas estão ligadas a traficantes homiziados na Vila Cruzeiro.

Segundo informações de inteligência, no citado dia da operação, lideranças do tráfico no estado do Pará, juntamente a um grande número de criminosos, estavam concentrados na Vila Cruzeiro em preparação para a invasão em outra comunidade.

Portanto, a Polícia Rodoviária Federal, sempre que demandada, atuará em apoio a outras forças de segurança, respeitando os princípios constitucionais que regem a atividade policial.

Rio de Janeiro, 25 de maio de 2022.

Núcleo de Comunicação Social – PRF