Plataforma de lançamento da missão Apollo é destruída!

blank

Google News

Uma das três enormes plataformas de aço usadas pela NASA para lançar as missões Apollo e o antigo ônibus espacial americano está sendo demolida. E o motivo é bastante simples, segundo o site da collectSPACE: a falta de espaço no Kennedy Space Center, na Flórida.

Também conhecida como Mobile Launch Platform-2 (MLP-2), a plataforma foi o ponto de partida para dezenas de missões espaciais entre os anos de 1968 e 2011. Dentre elas, vale destacar o lançamento da Apollo 14, em 31 de janeiro de 1971 , levando os astronautas Alan Shepard, Stuart Roosa e Edgard Mitchell à superfície da lua.

Outro voo notável que partiu dele foi a missão STS-51-L, em 28 de janeiro de 1986. Levando um satélite e equipamentos para realizar experimentos em órbita, o ônibus espacial Challenger acabou explodindo no ar poucos segundos após o lançamento, matando os sete membros da tripulação a bordo do navio.

Em entrevista, Scott Tenhoff, gerente do projeto MLP-2, disse que a demolição da antiga plataforma tem a ver com a construção de um novo modelo de estrutura, já alinhado com as necessidades das futuras missões da NASA. “Para construir o Mobile Launcher 2 (nova versão), algo tinha que acabar”.

Partes da estrutura podem ser preservadas

A estrutura, que mede 8 metros de altura, 48 metros de comprimento e 41 metros de largura, está sendo demolida com escavadeiras equipadas com tesoura hidráulica. Segundo Tenhoff, seu tamanho será reduzido de cima para baixo e de fora para dentro, até que seja completamente destruída.
A demolição deve durar cerca de um mês, mas antes de ser encerrada é possível que algumas partes da estrutura sejam preservadas, devido ao seu valor histórico. A agência espacial americana ofereceu peças da plataforma para alguns museus, mas ainda não obteve respostas deles.

 

Fonte: www.somagnews.com

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui