O Programa de Recolocação Profissional do Corpo de Fuzileiros Navais (PReP-CFN) é um exemplo eloquente de como parcerias estratégicas podem criar novas oportunidades para profissionais em transição. A colaboração entre o Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador (GptFNSa) e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia representa um avanço significativo nesse sentido, oferecendo estágios de qualificação profissional valiosos para militares.

Estágios de Brigadista e Guardião de Piscina: Ampliando Horizontes Profissionais

A realização dos estágios de Brigadista e Guardião de Piscina reflete um compromisso com a capacitação e a recolocação profissional dos militares. O primeiro, focado na formação de bombeiro civil profissional, ocorreu entre 30 de outubro e 6 de novembro, capacitando 15 militares. Já o segundo estágio, realizado de 20 a 24 de novembro, habilitou 16 militares para atuarem como guardiões de piscina. Estes cursos são passos fundamentais para a preparação de Cabos e Soldados do CFN para novas carreiras após o licenciamento do serviço ativo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Contribuição para o Mercado de Trabalho: Um Futuro Promissor

O objetivo principal dos estágios é equipar os militares com habilidades e conhecimentos necessários para uma transição suave para o mercado de trabalho civil. Esta iniciativa não só beneficia os militares individualmente, mas também contribui significativamente para o mercado de trabalho, fornecendo profissionais altamente treinados e prontos para atender às demandas em áreas vitais de segurança e salvamento.

Um Modelo de Parceria Benefícios Mútuos

A parceria entre o GptFNSa e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia serve como um modelo para outras instituições militares e civis. Essa colaboração demonstra como a integração de recursos e expertise pode resultar em programas eficazes de treinamento e desenvolvimento profissional, beneficiando não apenas os participantes, mas também as comunidades que eventualmente serão servidas por esses profissionais.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).