Painel da Acolhida permite acompanhamento da estratégia de interiorização de venezuelanos

No Mapa Estratégico da Interiorização é possível acessar o número de migrantes e refugiados interiorizados por estado ou município, além de outras estatísticas

blank

A estratégia de interiorização de venezuelanos, desenvolvida pela Acolhida, promove a realocação de migrantes e refugiados de Roraima para outros estados e municípios brasileiros e agora pode ser acompanhada por meio do Mapa Estratégico da Interiorização.

Na página é possível ter acesso ao número mensal ou total de pessoas interiorizadas desde o início da Acolhida, de acordo com a unidade federativa ou município, bem como as  modalidade de interiorização, sendo:

a) sinalização de vaga de emprego: garante a inserção socioeconômica aos migrantes e refugiados venezuelanos;

b) reunificação familiar: quando há algum familiar em situação socioeconômica estável que possa receber o venezuelano no novo município;

c) reunião social: promove a união entre pessoas que tem algum laço de afinidade, ainda que não haja vínculo familiar; e

d) institucional abrigo-abrigo: deslocamento dos abrigos emergenciais em Roraima para abrigos temporários nos municípios para busca de inserção socioeconômica.

Entre os anos de 2018 e 2020, mais de 508 mil migrantes e refugiados venezuelanos foram atendidos na fronteira Brasil-Venezuela. Desse total, até janeiro de 2021, cerca de 48 mil foram beneficiados pela estratégia de interiorização, que garante o deslocamento para diferentes municípios brasileiros de maneira organizada. Após a interiorização, os venezuelanos passam a ser atendidos pelas políticas públicas locais, deixando de estar vinculado às ações de assistência emergencial.

Clique aqui para acessar o Mapa Estratégico da Interiorização

Fonte: Acolhida

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui