No coração do Espírito Santo, a Operação Verão 2023/2024 emergiu como um farol de segurança e responsabilidade, dirigida pela Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES). Com a missão de inspecionar e garantir a segurança da navegação em um estado com uma costa de 411 km e uma significativa rede de águas interiores, a operação ressaltou a importância crítica de uma navegação segura e responsável. Durante quase três meses, mais de 2,3 mil embarcações foram submetidas a um rigoroso processo de verificação, englobando desde a documentação e habilitação dos condutores até a presença e conservação do material de salvatagem. Este esforço demonstra a dedicação inabalável da Marinha do Brasil em proteger as águas e as vidas que nelas navegam.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Reforço e educação: pilares da operação

blank

A Operação Verão não se limitou à fiscalização. Reconhecendo a necessidade de uma abordagem holística para a segurança na navegação, a CPES ampliou suas equipes, levando educação e conscientização a todos os cantos do Espírito Santo. A iniciativa de conscientização se estendeu além das águas, alcançando escolas, clubes náuticos, e marinas, disseminando o conhecimento sobre práticas seguras de navegação. A distribuição de materiais informativos e a promoção do aplicativo NAVSEG, que permite aos navegantes informar seus planos de navegação à Marinha, ilustram o compromisso com a prevenção e a prontidão para emergências.

Tecnologia a serviço da segurança

A era digital trouxe consigo ferramentas inovadoras para garantir a segurança na navegação, e a Operação Verão soube aproveitá-las plenamente. O destaque foi o aplicativo NAVSEG, uma plataforma que estreita a comunicação entre os navegantes e a Marinha, permitindo um acompanhamento em tempo real das embarcações. Este recurso não só facilita a assistência em caso de emergência mas também fortalece a cultura de prevenção e cuidado nas águas brasileiras.

Acessibilidade e comunicação

A Capitania dos Portos do Espírito Santo entende a importância de manter canais de comunicação abertos e acessíveis. Com opções que vão desde um número direto para emergências marítimas até um contato via WhatsApp para denúncias, a CPES assegura que a segurança marítima é uma prioridade compartilhada com a comunidade. Além disso, o aplicativo “Praia Segura” serve como um recurso adicional para garantir que as informações sobre segurança sejam facilmente acessíveis para todos, promovendo um ambiente seguro para a navegação e lazer no estado.