O litoral do Espírito Santo é um dos principais destinos turísticos durante o verão, atraindo um grande número de visitantes e, consequentemente, aumentando o fluxo de embarcações de esporte e recreio. Neste contexto, a segurança marítima assume um papel crucial, demandando uma atuação efetiva das autoridades competentes para garantir a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica. A Operação Verão 2023/24, conduzida pela Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES), representa um esforço significativo nesse sentido.

Ações concretas e resultados da Operação Verão 2023/24

Durante o período de 15 de dezembro de 2023 a 29 de fevereiro de 2024, a CPES empreendeu uma série de ações voltadas para a fiscalização intensiva do tráfego aquaviário. Um total impressionante de 2.364 embarcações foram inspecionadas, resultando na emissão de 186 notificações, a execução de 165 autos de infrações e a apreensão de 12 embarcações por riscos à segurança da navegação. Essas ações refletem o comprometimento da Capitania com a manutenção da ordem e segurança nas águas capixabas.

Educação e conscientização: pilares da prevenção

Além das ações fiscalizadoras, a CPES também priorizou iniciativas educativas, com a formação de comissões de militares nos polos de inspeção naval. Estas ações visaram não apenas a aplicação da lei, mas também a conscientização dos condutores e tripulantes sobre a importância das normas de segurança. A divulgação do aplicativo NAVSEG, uma ferramenta de suma importância para a segurança na navegação, exemplifica o enfoque na educação como meio de prevenir acidentes e infrações.

A importância do reforço operacional e tecnológico

O aumento do efetivo, com equipes extras distribuídas estrategicamente pelas regiões da Grande Vitória, Sul Capixaba, Meio Norte e Norte do Espírito Santo, demonstra uma organização logística bem planejada. A incorporação de tecnologias, como o aplicativo NAVSEG, na rotina de fiscalização e educação da CPES, aponta para um futuro onde a segurança marítima é assegurada tanto por meio de ações presenciais quanto por soluções digitais, garantindo assim a proteção do ecossistema marinho e a segurança dos que navegam em suas águas.