blank

Google News

Em 11 de março, o Navio-Patrulha Oceânico “Amazonas”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, desatracou de Luanda, Angola, para participar da Operação Obangame Express 2022.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Durante sua estadia no porto de Walvis Bay, Namíbia, dois oficiais da Marinha da Namíbia embarcaram como observadores para acompanhar os exercícios.

A operação Obangame Express 2022 tem o propósito de treinar os países africanos da costa ocidental e central para o fortalecimento da segurança marítima na região do Golfo da Guiné, por meio de exercícios de simulação de combate à pesca ilegal; à poluição no mar; à pirataria; ao terrorismo; e de busca e salvamento. A operação é conduzida pela Marinha dos Estados Unidos da América e conta com a participação do Brasil, da Espanha, da Holanda, da Itália, de Portugal, além de outros 25 países. A região do Golfo da Guiné se reveste de especial interesse para o País, pois, além de fazer parte do entorno estratégico brasileiro, tem registrado diversas ocorrências que acarretam uma conjuntura de insegurança marítima.

Este embarque se apresenta como uma excelente oportunidade para efetuar troca de experiências profissionais, incremento dos procedimentos nos meios da Marinha da Namíbia, complementando o apoio que já vem sendo prestado pela missão de Assessoria Naval na Namíbia, além de estreitar os laços de amizade entre as Marinhas.