Google News

Recém-empossado como comandante da Marinha, o almirante de esquadra Almir Garnier Santos foi transferido nesta quinta-feira (22) para a reserva do órgão militar. A decisão, publicada no Diário Oficial da União, ganhou validada no último dia 9 de abril, quando Garnier foi nomeado para o cargo.

Garnier assumiu o lugar de Ilques Barbosa na Marinha após trocas feitas pelo do novo ministro da Defesa, general Braga Netto, nas Forças Armadas com a orientação do presidente Jair Bolsonaro.

Nascido em 1960, Garnier chefiava a Secrertaria-Geral do Ministério da Defesa desde janeiro de 2019. Na pasta, atuou por mais de dois anos e meio (junho de 2014 a janeiro de 2017) como assessor especial militar com os ministros Celso Amorim, Jaques Wagner, Aldo Rebelo e Raul Jungmann.

Fonte: R7

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui