Na última terça-feira (29), uma visita técnica marcou o início da gestão de Leonardo Cahuê Martins como presidente do Conselho de Autoridade Portuária do Rio de Janeiro (CAP/Rio). Acompanhado por figuras chave do conselho, incluindo Carlos Eduardo Moreira Portella e Márcio Fortes de Almeida, Leonardo conduziu uma inspeção detalhada ao Porto do Rio de Janeiro, um dos mais importantes hubs logísticos e comerciais do Brasil.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Objetivos e Expectativas da Visita

blank

Sob a orientação de Leandro Lima, superintendente de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói, e Felipe Fonseca, assessor da presidência, o grupo percorreu várias instalações críticas, incluindo o cais público e terminais arrendados como Pier Mauá, Terminal de Trigo do Rio de Janeiro (TTRJ), Petrobras, Triunfo Logística, Multiterminais e Rio Brasil Terminal. O objetivo principal foi familiarizar a nova liderança com a complexa infraestrutura e as operações do porto, permitindo a Leonardo Martins um entendimento aprofundado das características e peculiaridades do porto, o que é fundamental para sua eficácia administrativa e operacional futura.

Perfil e Experiência do Novo Presidente

Leonardo Cahuê Martins não é estranho aos desafios dos setores de infraestrutura e transportes. Servidor da carreira de Infraestrutura, cedido ao Ministério de Portos e Aeroportos, Leonardo tem uma rica trajetória no setor portuário desde 2014, com cargos que incluíram a Coordenação no Departamento de Gestão e Modernização Portuária e a Coordenação-Geral de Gestão e Controle na Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA). Com formações acadêmicas em Geografia, Georreferenciamento e Geoprocessamento, além de especializações em Administração Pública e Planejamento e Estratégias de Desenvolvimento, suas competências são bem alinhadas às exigências de sua nova posição.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).