O Navio-Veleiro (NVe) “Cisne Branco”, uma das joias da Marinha do Brasil, fez uma visita memorável ao Porto de Maceió, entre os dias 11 e 13 de agosto. Esta embarcação, que carrega consigo uma rica história e representa a força e tradição naval brasileira, atraiu olhares e despertou a curiosidade de milhares de alagoanos e turistas.

Eventos e Visitações

imagem 2023 08 21 094828475

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

No primeiro dia de sua estadia, 11 de agosto, um evento institucional foi realizado a bordo do veleiro. Este contou com a presença de diversas autoridades, incluindo o Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alexander Reis Leite, além de representantes civis e militares. Mas o grande destaque foram os dias 12 e 13, quando as portas do “Cisne Branco” foram abertas ao público. A resposta foi impressionante: cerca de 11 mil visitantes aproveitaram a oportunidade única de conhecer de perto esta magnífica embarcação.

Diversidade de Visitantes

Durante sua estadia, o “Cisne Branco” não atraiu apenas o público em geral. Membros da Família Naval, parlamentares, representantes do Poder Judiciário, Soamarinos, entusiastas da Comunidade Náutica local, alunos de escolas da região e até um grupo de Escoteiros do Mar fizeram questão de visitar o navio. Estas visitas reforçam a importância do “Cisne Branco” como um símbolo de união e tradição marítima.

Fortalecendo Laços

A visita do Navio-Veleiro “Cisne Branco” a Maceió foi muito mais do que uma simples parada em um porto. Foi uma oportunidade de divulgar os valores da Marinha, inspirar jovens a cultivar a mentalidade marítima e, acima de tudo, estreitar os laços de amizade e respeito entre a sociedade alagoana e a Marinha do Brasil.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).