Boia meteoceanográfica lançada em prol do PROANTAR

O Navio Polar “Almirante Maximiano” realizou, em 1º de dezembro, o lançamento de uma boia meteoceanográfica, durante a primeira etapa da 40ª Operação “Antártica” (OPERANTAR XL).

O lançamento ocorreu em prol do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), e foi coordenado por pesquisadores do Projeto ATMOS, do Instituto de Pequisas Espaciais, em parceria com o Centro de Hidrografia da Marinha, no âmbito do projeto REMO Observacional.

blank
Navio Polar “Almirante Maximiano” navega na região Antártica

O projeto monitora dados ambientais, como direção e intensidade do vento e altura das ondas, para melhor compreensão dos fenômenos meteoceanográficos que ocorrem na região Antártica. Os dados podem ser acompanhados em tempo real por meio do site http://www.operantar.live/.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui