Google News

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, suspendeu de Manaus (AM), no dia 1º de março, e percorreu mais de duas mil milhas náuticas até atracar na cidade de Cruzeiro do Sul (AC), no dia 22 de março, dando início a 21ª edição da Operação “Acre”.

Durante a Operação, que segue até o mês de maio, estima-se que cerca de seis mil pessoas, incluindo populações ribeirinhas de Cruzeiro do Sul, e comunidades adjacentes, como Rodrigues Alves, Juruá-Mirim e Porto Walter, tenham acesso ao atendimento básico de saúde.

Antes de partir de Manaus, o navio cumpriu quarentena preventiva e toda a tripulação passou por teste para a detecção da Covid-19, procedimento contínuo durante toda Operação.

Setenta e sete militares atuam nesta missão. Destes, 22 são da área de saúde: Médico Ginecologista, Pediatra, Radiologista e Clínico Geral; Dentistas e Enfermeiros; além de Técnicos de Radiologia; Higiene Dental; Enfermagem e Vacinadores. O NAsH é dotado de ambulatórios odontológicos; consultórios médicos; laboratório para exames; sala de trauma; sala de Raio-x; sala de mamografia; enfermaria; sala de vacina; farmácia; além de quatro lanchas orgânicas empregadas para atendimentos em locais de difícil acesso.

A ação segue todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde para a prevenção ao coronavírus.

Fonte: Marinha do Brasil

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui